Concurso PM SP Aluno Oficial: publicada autorização para novo certame com 190 vagas

Foi publicado, no Diário Oficial do Estado de São Paulo, a autorização para realização de mais um Concurso PM SP Aluno Oficial. A autorização deste novo certame traz a oferta de 190 vagas para o curso de formação de Oficiais da Polícia Militar, com exercício em 2020.

Requisitos Concurso PM SP Aluno Oficial

  • Ter idade mínima de 17 anos e máxima de 30;
  • Ter estatura mínima, descalço e descoberto, de: 1.55 cm, se mulher e 1.60 cm, se homem
  • Ter concluído o ensino médio ou equivalente;
  • É permitido o uso de tatuagem, desde que sua simbologia não seja conflitante com os valores policiais-militares e não faça alusão a condutas ilícitas;
  • A tatuagem não pode estar visível na hipótese de uso de uniforme operacional “de verão”, composto por camisa de manga curta e bermuda.

Remuneração e Benefícios

A remuneração inicial do cargo de Aluno-Oficial PM do 1º CFO é de R$ 3.095,84. Com a conclusão do Curso de Formação e o término do estágio probatório, a remuneração, no posto de 2º Tenente PM, é de R$ 6.417,06.

O policial militar dispõe de um regime próprio de previdência, conta com assistência médica e odontológica, além de assistência psicológica. O policial recebe, ainda, fardamento e acessórios, podendo também usufruir de alojamentos.

Atribuições do Cargo

  • Gestão e comando de pessoas;
  • Análise e administração de processos;
  • Preservação da ordem pública e de polícia ostensiva, em conformidade com a filosofia de polícia comunitária e direitos humanos;
  • Outras atividades definidas em lei, por intermédio da conclusão com aproveitamento do Bacharelado em Ciências Policiais de Segurança e Ordem Pública, destinado a formar, com solidez teórica e prática, o profissional ocupante do posto inicial de Oficial.

Regime de Trabalho

A jornada de trabalho dos Oficiais do QOPM é de 40 horas semanais, para aqueles que atuam em atividades administrativas.

Os Oficiais que atuam em atividades operacionais normalmente cumprem a jornada em regime de escala de 12 horas de serviço por 36 horas de folga. Entretanto, podem ser estabelecidos outros regimes de escala de acordo com as peculiaridades da função e do local de atuação.